Lei do acompanhante

Olá conectadas, creio que poucas mães sabem, mas as parturientes tem por direito uma pessoa que a acompanhe no parto. O que acontece é que muitas vezes por falta de informação, esse direito não é respeitado. 

Quando a gestante entra em trabalho de parto uma certa insegurança chega a fazer parte daquele momento, e em ambiente hospitalar, muitas vezes vamos ter apenas profissionais, muitas vezes desconhecidos por nós, e que estão para fazer os procedimentos de costume. O acompanhante deve ser escolhido pela parturiente, pode ser um parente, um amigo ou uma doula, não importa o sexo, o importante é que se sinta acolhida e protegida pela pessoa escolhida. 

Um acompanhante é necessário para ele poder passar para a gestante uma certa segurança, poder acalma-la, dá apoio, e também ajudá-la em alguns cuidados. Quando a parturiente se sente segura, o parto flui melhor, aquele momento se torna menos tenso, e assim consegue-se ter mais plenitude em curtir o momento tão importante.





É  vigente em lei desde 2005, que toda parturiente tem direito de permanecer na maternidade com um acompanhante durante todo o processo de parto, desde o pré-parto, durante todo o parto, e no pós-parto. Porém pouco se é obedecida essa lei, onde muitas maternidades ainda a desrespeita, não permitindo a entrada do acompanhante na sala de parto, e assim deixando a gestante nervosa. 

Inclusive aconteceu comigo de não deixarem minha mãe entrar na sala de parto para está comigo no nascimento da Júllia, o que fez com que eu ficasse um pouco nervosa, mas consegui me concentrar no momento e desviar meu pensamento da decepção que foi aquilo, pois eu tinha conhecimento da lei, fui instruída que meu acompanhante me acompanharia, e a lei estava impressa e colada nas paredes da maternidade, então mamães ainda acontece esse descaso.




Então mamães, a lei está aí, ela é obrigatória para qualquer instituição, seja ela pública ou particular, é um direito nosso ter um parto humanizado e ter ao nosso lado alguém de nossa confiança, que possa nos relaxar para que o parto aconteça naturalmente. Agora que você já sabe da existência desse direito, lute por ele, exija que você possa ser acompanhada por quem você escolheu está nesse momento.


Alguma mamãe leitora já teve o acompanhante impedido de está com você? Conte para a gente!
Compartilhe no Google Plus
Ramonnielly Morais, Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.
Ramonnielly Morais

Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.

Cadastre-se e receba nossos artigos por e-mail!

17 comentários:

  1. Olha! Que show o teu blog!
    Vou deixar salvo nos favoritos para quando engravidar...hehehe.
    Sério, tenho 28 anos e daqui a pouco vamos querer ter um filho e é super importante essas dicas!
    Adorei, parabéns!
    Beijão.

    www.lacodemimosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lidiane Obrigada :) E realmente, quando estamos para ter nossos filhos é um tanto de informações importantes para absorver! :*

      Excluir
  2. Muito bom seu post. Muitas pessoas não sabem desta lei. Em meio a tanta violência em partos a presença de alguém traz mais segurança.
    Beijos
    ADRI

    ResponderExcluir
  3. Adorei interessante bom saber bjo

    ResponderExcluir
  4. Ótima informação para as futuras mamães!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito bacana isso né, uma pena muitas maternidades não divulgarem isso e ainda tentarem barrar ou cobrar pela entrada de acompanhantes!
    Adorei
    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Imprescindível .. que bom que agora as futuras mamães tem este direito .. que bom que nos informou sobre isto .. vou espalhar com as amigas .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  7. Nossa n sabia adorei a informação. Adorei o poster.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. amiga ele não deixaram meu marido na época inventaram tantas coisas
    me aborreci mais infelizmente tive que permanecer
    no Hospital pois não tive tempo de ir para outro
    pois um acompanhante faz toda a diferença

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim Nanda, nos sentimos mais seguras e relaxadas tendo um acompanhante conosco!

      Excluir
  9. Meina é sério isso?
    Me deu até uma raiva agora!
    Bom porque quando fui ganhar meu bebê,
    eu estava numa aflição que só, o stress de ficar internada
    metade da semana tomando inibina pra segurar o bebê,
    aquela fraqueza por não ter comido nada durante 3 dias
    e ter sentido muita dor, junto a emoçao de ver meu filho, eu IMPLOREI
    pra deixarem minha mãe comigo e sabe o que a enfermeira me disse?
    "Na hora de fazer você não pediu por sua mae né? Ela não pode entrar aqui!"
    Menina que raiva que me deu.. Se eu soubesse disso na época tinha feito escandalo rsrs..

    Letícia Castilho - Mamãe do Bryan
    http://contodefadas-leeh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Letícia, dá uma raiva tremenda, ainda mais tendo uma lei que eles não respeitam!

      Excluir
  10. Ótimo essa lei
    Nos sentimos mais protegidas com pessoas amadas por pertto neste momento
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Meu acompanhante foi meu marido, mas ele não ficou do meu lado. :(
    E ainda desmaio kk
    Bjus

    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Super apoiado essa lei!
    Precisamos sim de uma pessoa ao lado, tem q virar lei para o país andar e as coisas acontecerem. Como tive o Joseph no particular era mais q normal o acompanhante, mas no atendimento público... afff que venha melhoras! bjs

    ResponderExcluir
  13. Super importante um acompanhante nesse momento, o meu marido ficou comigo nos dois partos, foi ótimo, me ajudou muito.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Que ótima postagem, muito informativa.
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir