Não diga apenas um "não"!



     A educação é uma tarefa repetitiva, que requer paciência e dedicação, muitas vezes se torna árdua. Muitos pais se perdem na hora de educar seus filhos, na maioria das vezes dão preferência a métodos de punição, na tentativa frustrada de mostrar o correto aos seus filhos, só que não é bem isso que acontece, você acaba mostrando para a criança que se ela fizer determinadas coisa ela será punida e não estará APRENDENDO o que é CORRETO e sim que ao fazer algo que não permitem, ela será punida ou que não devem saber o que fez. Uma das questões que mais deixam as crianças confusas, é quanto a imposição do "não" e como ele é empregado.


     Geralmente se seu filho está fazendo algo que não é permitido ou que não considera-se certo, a primeira coisa que costuma-se falar é: Não! Mas o que seria esse "não"? Você acha que a criança captou bem a mensagem com apenas um "não"? Quando você fala um "não", o que aquele "não" significa?

     Você deve-se questionar sobre o ato em questão e justificar para seu filho o porque dele não poder agir da forma errada e dá para ele uma alternativa que seria o adequado para ele!

     Um exemplo é quando o bebê está fazendo uma arte, e quer mexer na tomada. Naquele momento o desespero toma conta, mas a melhor solução é mostrá-lo que não pode falando que faz dodói, não apenas dizer "não"! Dependendo da idade da criança você deve falar gesticulando e com uma linguística mais adequada para a idade dela.

     As vezes a criança não vai entender na primeira vez que você falar e mostrar para ela, pois como eu já disse, a educação requer paciência e dedicação e repetitivas vezes você vai ser ver falando a mesma coisa, até que vai chegar o dia em que a acriança falará para ela mesma qual o ato correto.

     Então basicamente deve-se fazer isso, dizer o "não" acompanhado de uma justificativa de porque está errado aquilo e falar qual é o certo!
Compartilhe no Google Plus
Ramonnielly Morais, Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.
Ramonnielly Morais

Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.

Cadastre-se e receba nossos artigos por e-mail!

17 comentários:

  1. Realmente não basta dizer NÂO tem que explicar o pq tb.
    Bju

    ResponderExcluir
  2. Sempre disse que não é o dizer não que é ato de amor, e sim a explicação!
    Bjs, Mundinho de Arianne

    ResponderExcluir
  3. Verdade, eu sempre prezei muito por isso, sempre que falava não, eu já emendava com a explicação, pois acho importante tratar a criança, desde pequena como um ser capaz e merecedor de uma explicação para a frustração dele receber um não.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu procuro explicar quando digo um não para minha filha. Para ela entender pq não pode.

    Bjs,
    www.dicasdagi.com.br

    ResponderExcluir
  5. explicação e paciência até que o pequeno entenda é o carro chefe... se apenas gritar o não e não der uma explicação, com certeza o pequeno ficará frustado e não entenderá o porque de tanta gritaria e irritação.
    Ótimo post.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Como mãe e educadora, compreendo o que um 'não' significa e sou muito adepta dele, ehhhh

    ResponderExcluir
  7. Verdade, o não deve sempre vir com uma explicação para que eles entendam o porque do não..
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Dizer não é essencial!
    Aqui digo e repito... é o melhor para eles, bjs

    ResponderExcluir
  9. Realmente requer muita paciência, mas saber dizer não é muito importante
    bjs

    ResponderExcluir
  10. O Isaac escuta muitas vezes o não. Mas eu sempre explico o motivo, e quando não ele mesmo me questiona o porque não pode.
    Acho essencial para aprender que nem tudo podem, que tudo tem sua hora. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  11. Com certeza, dizer não e não explicar não adianta..ainda mais dependendo da fase eles querem saber de tudo ! bjo

    ResponderExcluir
  12. Verdade amiga dizer não as vezes não é o suficiente temos que justificar
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Ótima dica.. Vou prestar mais atenção nisso pois normalmente só falo não e nunca explico.
    Beijos, bom final de semana..

    ResponderExcluir
  14. Eu simplesmente detestava quando me diziam isso .. então não admito esse erro com a Luma .. faço questão de parar tudo e falar o pq sim e principalmente o pq não ...

    Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir
  15. Eu costumo explicar bem o porque das coisas, é fundamental para a criança!
    Adorei o post!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Dizer é importante mas sempre tem que falar o pq do "não".


    www.beabadabeleza.com.br

    ResponderExcluir
  17. realmente tem que ter muita paciência e explicar o pq daquele NÃO
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir