Encontrando com minha própria sombra



Me perdi em mim mesma, me perdi em meus pensamentos, nas novidades, na minha vaidade esquecida,  me perdi no meu eu!

Assim que pari, meu mundo, minha vida, meu interior mudou, nada era igual, tudo teria saído do caminho em que eu estava. Não sabia mais se minha vida só pertencia a mim, pois ela teria mais um dono, agora eu tinha mais alguém que dependia exclusivamente de mim, e esse alguém eu desejei ter por muito tempo. 

Não sabia se seria egoísmo pensar no meu bem-estar, no meu futuro, afinal meu bebê é prioridade e eu teria que pensar nele primeiro. E em meio a tantos desencontros e mesmo encontrando o amor, eu havia me perdido da minha essência, de quem eu era antes de me tornar MÃE, até reencontrar minha sombra vagando em meio as minhas lembranças, e eu perceber quem um dia fui e em que me tornei, ou em quem estou me tornando!

Ser mãe, não é e nunca será minha única função, pois também sou mulher, e eu como tantas outras mães, deixei passar por despercebido essa parte tão importante de mim, fiquei sem minha sombra até reencontra-la e a querer de volta. Querer de volta aquilo que me traz frescor, a minha vaidade, o meu tempo, que só dependia do meu despertar. E cá estou, retomando minha natureza, retomando meu eu, mais vibrante, sendo mãe e mulher, mulher que se quer ver linda, saudável, alegre, independente de tempo e circunstância, mãe que quer ser a melhor pras suas crias, que quer estar presente, educar, amar, mas sem deixar de lado ela mesma.

Esqueci que nós mulheres temos o dom de fazer 5 coisas ao mesmo tempo, e agora relembrando, cai em si e percebi que para ser mãe não preciso esquecer de mim e para ser eu mesma basta querer!

Me faltava querer, me faltava acordar e enxergar ao meu redor, e ver onde eu estava errando, ao achar que todo cansaço fosse suficiente para me deixar caída e sem vontade fazer nada, mas agora eu acordei.

Te digo, levante-se, cuide-se, ilumine-se, nós mães merecemos o melhor de nós, merecemos estar na nossa melhor forma, ser felizes, para isso depende apenas de nós, do nosso querer e do nosso despertar, do amor próprio.

Um abraço com carinho, de uma mamãe conectada que reencontrou sua sombra!
Compartilhe no Google Plus
Ramonnielly Morais, Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.
Ramonnielly Morais

Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.

Cadastre-se e receba nossos artigos por e-mail!

8 comentários:

  1. Muitas vezes nesse corre corre que é nossa
    vida de mãe me coloquei em último lugar
    o que não podemos fazer.
    Temos realmente levar e nos cuidar

    Linda Semana!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  2. Muitas vezes ficamos perdidas mesmo! depois que me tornei mãe, é uma experiência maravihosa, mas muitas vezes nos perdemos no próprio eu, sem saber mais direito quem somos e pra onde vamos...eu tranquei a faculdade, parei de trabalhar e até a gente retomar a vida, a gente fica meio perdida mesmo! bjo

    ResponderExcluir
  3. amiga que texto lindo. Dá pra sentir que vem do coração. Sei que é dificil, eu me senti no seu lugar. Mas é importante não esquecer os outros papeis de nossas vidas: mulher, esposa, amiga, filha, profissional.
    Mas o importante é justamente isso: reencontrar-se nas sombras!

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto! É isso mesmo, logo que o baby chega a gente se perde nesse caminho, mas antes de ser mães somos mulheres, temos que nos cuidar, para estarmos bem para cuidar da nossa família! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Amiga que texto lindo!
    Eu acredito que todas nós passamos por isto... em algum momento da maternidade nos perdemos em meio a tantos afazeres... e precisamos sim nos encontrar
    Precisamos estar bem, fazer as coisas que gostamos, ter tempo pra nós e sem perder o que de mais lindo temos que são nossos filhos.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Somos mães e cuidamos das crianças, mas temos que nos cuidar também..
    Tire um tempo só para voc^, faz bem..
    Beijos

    www.umaboamae.com.br

    ResponderExcluir
  7. Lindo, e me identifiquei muito.
    Passamos por tantas mudanças e transformações que esquecemos de nós mesmas, mas aprendi que é importante se sentir bem para poder tudo fica melhor.
    Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  8. ATÉ O SEGUNDO ANO DO MEU FILHO ESTAVA ME SENTINDO ASSIM, DEPOIS DESPERTEI VI QUE NÃO ERA ASSIM QUE EU DEVERIA VIVER, E COMECEI A ME CUIDAR MAIS SÓ DEPENDE DE NÓS MESMO!
    BJS

    ResponderExcluir