5 razões para você usar sling com seu bebê e minha experiência

Antes da Júllia nascer eu já havia pesquisado sobre carregadores de bebê e, após ela nascer me acendeu ainda mais a vontade de encontrar um que fosse perfeito para usarmos.

Foi aí que adquiri um canguru, que até hoje adoro utilizá-lo quando preciso levar bolsas muito pesadas, mas por ele esquentar muito, pois é feito com tecido quente e grosso, tive que buscar outra alternativa. Então, entre minhas pesquisas, achei os Slings, que aqui em João Pessoa a Mariana Carneiro do Slings Mão do ano faz para vender, e ela me deu a oportunidade de ter o primeiro contato com o sling

O Sling é um carregador de bebês, normalmente feito de pano (o tecido pode variar).

Ele é perfeito para:

- Deixar o bebê em segurança: Quando o bebê está no sling, conseguimos ficar mais despreocupadas com tropeções, com batentes, e até para andar de ônibus é mais seguro.

- Acolhimento: Com o sling o bebê tem um acolhimento como no útero, pois ali ele fica em contato direto com a mamãe e quentinho.

- Calmante: Ótimo para calmar o bebê quando está agitado e com cólicas, pois estará em sintonia com os movimentos corporais da mãe e aquecido com o calor da mamãe.

- Fortalecimento de vínculo: Enquanto seu bebê está no sling, você pode fazer outras atividades em contato com ele, pode cantar, dançar e ele estará sempre em contato com o colo de quem ele tanto ama, fazendo que assim o vínculo entre ambos seja cada vez mais forte!

- Liberdade de movimentos: Com o sling, a mamãe terá mais liberdade de carregar sacolas, cozinhar, fazer caminhadas e ate dançar na companhia do seu bebê.

Os slings podem variar de modelo, podendo ser: Wrap Sling, Mei Tai, Pouch Sling e o de Argola, que é o que estou usando com a Júllia.
A Mariana Carneiro nos presenteou com um Sling de Argola, feito com um tecido leve e resistente, todo furadinho, que dá até para ir ao mar com ele, perfeito para a região onde moro.

Eu e a Júllia adoramos, primeiro porque dá para amamentar, dependendo da roupa que eu estiver,ela não fica tão suada como no canguru e é ótimo para podermos caminhar.


sling de argola
Tecido leve e ótimo para o clima quente do nordeste, e perfeito para passeios em parques aquáticos e praia.

sling de argola
O sling de argola é fácil de ser colocado e colocar o bebê, basta um pouco de paciência e prática. Sempre segurando-o firme e passando-o para dentro do tecido, logo após observar que o sling tem que ficar sem encaixado com a dobra do joelho para o bebê ficar na posição correta e sempre apoiando bem as costas do bebê com o tecido até perto dos ombros.

sling de argola
Após ajustado e o bebê na posição correta, o sling pode ser ajustado quando puxado as extremidades para deixá-lo mais firme.

sling de argola
Depois é fazer um bom passeio e ser feliz!

sling de argola
Deve-se observar também que a parte onde ficam as argolas, deve sempre estar o mais próximo do ombro da mamãe e o tecido ficar bem ajustado por toda a extensão do ombro para que tenha um melhor apoio.

No Sling de argola, a posição que usamos normalmente é ela sentadinha de lado, porém as mamães podem usar com o bebê com os pés para dentro acolhido no busto, na posição fetal.

Você encontra esse e outros slings na Mãe do ano, a Mariana Carneiro é super atenciosa em atender as mamães e suas necessidades, com certeza ela saberá qual modelo irá ajudar vocês! :)

E sabe o que é melhor? Ela envia para todo o Brasil!!

Curta a fanpage clicando aqui e acesso o site Mãe do ano, clicando aqui!
Compartilhe no Google Plus
Ramonnielly Morais, Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.
Ramonnielly Morais

Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.

Cadastre-se e receba nossos artigos por e-mail!

10 comentários:

  1. Ramonnielly ainda não conhecia sling, gostei da novidade, a criança fica confortável, amiga seguindo o seu blog beijos.
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei!! As fotos ficaram ótimas, deu para visualizar bem a forma correta de usar. Confesso que não me adaptei muito, talvez por usar errado ou pelo fato do meu não ser igual a esse!!

    ResponderExcluir
  3. Não usei o sling na minha pequena nõ
    mais sempre quis e sempre achei melhor que o
    canguru, muito lindo o seu por sinal.

    Linda noite bjs

    ResponderExcluir
  4. Quando o Gui nasceu ainda não tinha, pelo menos não conhecia na época

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Pelo que eu vejo eu sou a única mãe que não gostou de usar sling.
    Eu sou muito magra e minha bebê é muito gordinha, nossa não consigo... Já tentei, mas desisti.

    Beijos
    conteudomae.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu acho um acessório super estiloso. Pode até ser prático mas olhando eu não consigo ver dessa forma. Parece que o bebê fica desconfortável. Aqui comprei e tentei usar aquele que carrega o bebê na frente, mas foram só duas vezes. Eu andava segurando de medo que o bebê caisse.

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre ouvi falar muito bem dos slings, eu não usei com Nathan mais na proxima gestação será um opção que vou colocar na lista
    bjs

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Queria tanto ter usado com a Bia,mas há 10 anos atrás ainda não era tão conhecido assim!!
    Acho lindo!

    ResponderExcluir
  9. Eu queria muito ter usado com a Emilly, mas não tinha e era difícil de achar, já com meu sobrinho usamos e adoramos!
    Além de tudo ainda é mega estiloso!

    ResponderExcluir
  10. Já li tantos relatos bonitos de fortalecimento de vínculos a partir do sling. Eu queria muito ter usado com meus filhos, pena que a moda veio depois que eles já eram grandes.
    Beijos

    ResponderExcluir