Evite uma gravidez no pós-parto


     Olá conectadas.

     Hoje vamos discutir um pouco o uso de contraceptivos no pós-parto, afinal, mesmo querendo ter outros filhos, existe uma indicação médica de no mínimo 6 meses de diferença entre uma gestação e outra, e em caso de cesáreas, ao menos 9 meses de pausa. Durante o período de resguardo pouco nos preocupamos com uma possível gravidez, pois nesse meio tempo os médicos recomendam que evite-se fazer alguns esforços, entre as recomendações está a ausência de relação sexual. Evitar uma nova gravidez é muito importante, pois o corpo da mulher ainda vai está voltando ao seu funcionamento natural pré gestação como, o tamanho do útero, as feridas causadas pelo parto, o sistema hormonal (que pode rejeitar um novo bebê como corpo estanho como faz com as doenças) e o sangue que fica aumentado para suprir as necessidades do feto durante a gestação.

     As mulheres que amamentam seu filho até os 6 meses com exclusividade e em livre demanda (sem horário certo, quando o bebê quer e o quanto ele quer) pode passar até 6 meses sem ovular, o que torna a amamentação um contraceptivo natural, mas não deve-se confiar apenas nisso. Essa contracepção ocorre, pois a sucção da mama pelo bebê estimula a produção da prolactina, hormônio responsável pela produção do leite que, ao mesmo tempo, suprime a atividade ovariana. Não se sabe com exatidão quando a mulher pode voltar a ovular, esse período pode ser a partir do 27º dia após o parto, muitas mulheres por não menstruar acabam pensando que não estão ovulando e as vezes nem sabem que estão grávidas. As crianças concebidas entre 18 e 23 meses após uma gestação prévia apresentam menos problemas, os nascidos em intervalos menores que um ano e meio têm maior o risco de baixo peso ao nascer, parto prematuro, paralisia cerebral e subnutrição. Quando o intervalo é menor que seis meses, as mães têm maior probabilidade de sofrer de sangramento vaginal, ruptura prematura de placenta, endometrite puerperal (inflamação do endométrio, aquela camada interna do útero) e anemia. Além disso, antes de 24 meses há maior tendência a um ganho de peso que ultrapasse 15 quilos e maiores chances de diabete gestacional. A melhor indicação é que uma criança só seja gerada entre dois e cinco anos após uma gestação.

     Podemos evitar uma nova gravidez usando métodos contraceptivos já conhecidos, tendo cuidado com injeções e pílulas para as mulheres que amamentam, todo e qualquer método deve ser consultado e prescrito por um médico.

     Os métodos contraceptivos podem ser: preservativo masculino ou feminino, pílula anticoncepcional, injeção mensal ou trimestral e DIU liberador de hormônio ou de cobre.
Esses métodos devem ser consultados e decidido o junto ao médico qual melhor se adequa a você, alguns podem trazer algum efeito colateral.    

Então mamães, por inúmeras causas a gravidez deve ser planejada e tida no tempo correto para que tudo ocorra bem.
Compartilhe no Google Plus
Ramonnielly Morais, Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.
Ramonnielly Morais

Aquariana, graduanda em Publicidade, blogger, social media, mãe da pequena Júllia, apaixonada por praia, sombra, chocolate, música e moda. Através da maternidade descobri a melhor forma de amar e educar, e busco a cada dia lutar contra a violência infantil e viver a vida familiar da forma mais leve e amorosa possível.

Cadastre-se e receba nossos artigos por e-mail!

24 comentários:

  1. Eu estava pesquisando sobre pós parto no começo dessa semana. Muito bom o post! Simples, didático, objetivo.
    Sou uma gestante de primeira viagem, e fiquei surpresa de chegar aqui no final do post e ver que você é quase 3 anos mais nova do que eu, hehehe.
    Criei recentemente um blog que será meio que um diário de grávida virtual, e adorei encontrar o seu! Achei fofo e amei o nome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ingrid, obrigada pelo carinho :) Sempre que quiser acompanhe-nos.

      Excluir
  2. É muito importante se cuidar, mesmo logo após o parto, pois como você citou, o corpo realmente precisa se regenerar!
    Adorei as dicas!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Janis, nosso corpo precisa retomar seu funcionamento natural!

      Excluir
  3. Muito importante abordar este tema, conheço meninas que tem bebês com diferença de apenas 1 ano de um para o outro.
    Beijos
    adri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adri, essa diferença pequena pode ser totalmente prejudicial, informações como essa devem ser passadas! :)

      Excluir
  4. Uma amiga acabou se descuidando e teve um bebê após o outro!!Foi um sufoco coitada!!
    Bom falar sobre esse assunto!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sufoco mesmo Melissa, as vezes nem esperamos! :*

      Excluir
  5. Ótimas dicas, eu usava uma injeção nesse período e uso até hoje, adorei não ter que tomar comprimido todos os dias e outra, levou minha tpm embora de vez, adorei!

    Bjs,
    www.dicasdagi.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele também tomo injeção, a trimestral, e estou adorando, pois não me dou muito bem com as pílulas!

      Excluir
  6. Um tema muito importante, minha irmã passou um sufoco pela falta de cuidado e infelizmente o organismo rejeitou... o cuidado é muito importante para não passar por esse tipo de situação pois o nosso organismo está muito sensível nesse período.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, acabamos prejudicando um ser tão precioso!

      Excluir
  7. Eu sempre procuro tomar cuidado pra não engravidar após o parto, mas já amigas minhas engravidarem assim.
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem Dulce, muito cuidado! :)

      Excluir
  8. eu uso mini pilulas
    desde o pós parto
    me sinto bem e nenhum efeito colateral
    acho que temos que cuidar
    para não ter uma gravidez indesejada
    amei o post

    ResponderExcluir
  9. Temos que cuidar muito
    Essas informações são preciosas
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Quando ganhei meu filho fiquei com muito medo engravidar de novo cedo, hj meu bebe ja tem 3 anos e estou pensando em ter outro o ano que vem. Beijoss
    www.blogdemaepramamaes.com

    ResponderExcluir
  11. Logo que fiz minha consulta de revisão de parto, comecei a usar o adesivo, mas como tenho muita dor de cabeça, desisti dos remedios e ficamos somente no preservativo.

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu me cuido muito para n ter uma gravidez sem ter planejado.
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Tive muito medo de engravidar de novo logo em seguida, tomei as pílulas durante a amamentação
    Bjinhos

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Verdade querida, é necessário um cuidado pós parto sim, e procurar o melhor processo contraceptivo, é a melhor opção...
    Aqui eu uso os preservativos, não gosto de remédio, não me sinto bem...
    Esse assunto é importante e não deve ser ignorado.
    Bjs
    Ju
    Mãe Sem fronteiras.

    ResponderExcluir
  15. Olha tem q ter cuidado sim!
    Eu usei anticoncepcionais até caro pq era usado só no período que amamentava, mas optei por essa ser a melhor escolha, bjs

    ResponderExcluir
  16. NOssa que assunto assustador ... imaginaaa .. com minha mãe foi assim .. mas nos dias de hoje tem mais informação e como avitar!

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  17. É verdade, no pós parto tomei a contracep, e graças a Deus foi ótima.

    Adorei seu post.
    Bjos enormes
    http://amaedadrii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir